novembro 27, 2017

Ferias de Inverno 2017

Ohhhh e já terminaram!
Sabe sempre a pouco as malandras das ferias!
Este ano voamos ate ao México, mais propriamente a Playacar e que bom que foi.
Devido ao nosso trabalho só conseguimos fazer ferias propriamente ditas 1 ou 2 semanas por ano. 
Vida de patrões é assim, dura e chata!
Como já temos os nossos contactos em algumas agências de viagens quer em Espanha e 2 agências em Portugal, daquelas mesmo boas, que apresentam preços bons e bons destinos.
Sempre que aparecia uma booooooa promoção (Famílias) as ditas agências toca de telefonar aqui para a Mama a comunicar a ver se a Família Rodrigues ia na viagem.
E pumba, em Agosto apresentaram um bom orçamento para 1 casal e com a criança GRÁTIS (palavra bonita!) para o México. 

Bora lá, nao vamos deixar escapar esta oportunidade. 
A viagem ficou marcada para Outubro, de Agosto ate Outubro só faltou mesmo cortar os pulsos.
Ver os amigos e família todos a irem de ferias, nós a trabalhar, um calor daqueles bons, o pessoal na praia e nós. . . a trabalhar!
Mas eis que chegou Outubro e o coração começou a bater mais rápido, começamos a fazer a bem dita lista das coisas necessárias para o Tomas, começar o armazenamento de comida para o Tomas. . . organização de uma viagem de aviao (voo directo de Lisboa) de cerca de 9 horas. . . era o meu pior pesadelo, é sempre, as horas de voo com o Tomás!


Este ano iríamos viajar com um casal que conhecemos na viagem a Republica Dominicana (reencontros giros e amizades boas) e que também teem uma menina um pouco mais velha que o Tomas, mas que se deram logo muito bem e foi óptimo para todos esta companhia. 
Entre um cadernos e lápis de cor, um tablet cheio de vídeos e musicas (Panda, Patrulha Pata, Ruca), bolachas, pacotes de leite, pacotes de fruta, cerelac. . . 1 muda de roupa. . . doses industriais de paciência e bom humor. . . tudo acabou por se passar muito bem e portou-se lindamente.

Chegamos a Cancun e mal saímos do aeroporto levamos uma chapada de ar quente na cara, característico das Caraíbas. . . CHEGAMOS, tão bom! 
O Resort escolhido foi o Riu Playacar, óptima escolha.
Tenho o habito de 1 semana antes da viagem envio um email para o hotel a pedir com jeitinho um quarto com X de características, no bloco Y e no piso W. . . apenas no acto do checkin iria saber se o meu pedido tinha sido aceite ou nao. . . e Pumba, estava tudo certinho e foi nos dado o melhor quarto no melhor bloco do resort. . . tão bom!


Quartos simples, sem luxos, limpos 2 vezes ao dia, todos dias com uma surpresa na decoração, toalhas sempre repostas todos os dias e o frigobar sempre cheio.
Pulseirinha no pulso e toca a desfrutar de tudo ao mais alto nível. 
O Tomás sempre aos pulos e a correr, quase sempre também com um copo de sumo na mao, convinha pois a temperatura e o nivel de humidade era tanto que tínhamos mesmo que andar a beber qualquer coisinha. 
A alimentação, 5*, nao tenho razao de queixa nenhuma sobre os muitos restaurantes a la cart ou dos buffets. Muita variedade de comida e qualidade. Nunca senti necessidade de pedir algo diferente ou com falta de comida para dar ao Tomas.
Ate sopas picantes ele comeu!


Abusou das frutas e das panquecas, batidos, gelatinas, peixes grelhados, xixas. . . 5* mesmo. 
A nível de passeios já íamos com a lição estudada de Lisboa, sabiamos os preços das agências de tours no hotel e fora do hotel, só tinhas que tentar negociar ate ao preço que estávamos dispostos a pagar ou fazermos os passeios por nossa conta e sozinhos. 
Tudo no México tem o seu preço, nao é barato e existe mil e muitos passeios para todos os gostos e carteiras, para os turistas fazerem.
Uma semana é pouco, duas semanas o suficiente!


Tínhamos combinado ainda em Lisboa fazer o parque Xcaret, e posso dizer que vale muito muito muito a pena a visita a este parque, vale todos os Euros, pesos ou dollares que se paga. 
O meu único receio era o Tomas aceitar fazer os Rius, o maior e mais bonito sao a volta de 50 minutos de colete vestido, barbatanas nos pes e toca a nadar. . . quando entramos no Riu só rezava para que o Tomás nao começasse aos gritos e a chorar e teríamos que desistir de fazer os Rius. . . mas nao, adorou e andou sempre super bem, as vezes quando passávamos por uma zona escura, lá se agarrava a nos, mas do resto andou sempre a vontade. 
Conseguimos ver o parque todo, soubemos nos organizar bem e foi um dia desde as 9horas da manha ate as 22 horas muito bem passado.


Vimos as borboletas, linces, macacos, cavalos, golfinhos, tartarugas, papagaios, iguanas enormes e gordas. . . andamos de barco, brincamos no parque infantil aquático com muitos escorregas e cordas. Os restaurantes sao vários e cada um tem a sua especialidade, fomos almoçar ao restaurante de carnes e mariscos. . . muito muito bom, uma vista linda para a praia, 5*.
A noite lá estávamos nos prontos para ver o grande espectáculo nocturno, que conta a historia da civilização Maya, muito bonito e educativo para os miúdos.


O Tomas adormeceu a meio, estava cansado, mas aproveitou tudo tao bem e esteve sempre muito bem disposto e receptivo a fazer e ver tudo o que foi pedido.
Fiquei orgulhosa do meu pequeno!
Fomos ainda ao centro de Playa Del Carmen, o ponto mais turístico, Idêntico a Vilamoura lá do sitio. 
Bom para fazer compras aos melhores preços e para fazer a troca de dinheiro de euros para pesos.


Ora bem e o melhor disto tudo é o que?? A praia pois esta claro, a bem dita praia. 
Escolhemos este hotel nao só por estar próximo de Playa Del Carmen mas tambem por saber que ficava numa das melhores praias da Riviera Maya. . . nao fomos enganados, a praia é mesmo de sonho, mar calmo, quentinho e um azul transparente que nos faz sonhar.
As vezes lá aparecia uma raia e os peixinhos andavam sempre a nossa volta.
Apanhamos alguns dias de chuva (óbvio) mas a temperatura sempre muito alta.



Resumindo: vamos voltar ao México logo que nos seja possível, pais cheio de magia, pessoas simpáticas e muito para visitar! Recomendo este Hotel a todas as famílias, tem um óptimo custo qualidade e normalmente as crianças ate aos 6 anos sao grátis! 

Já andamos a piscar o olho para o próximo destino para as ferias de 2018. . . e qual será??!



novembro 11, 2017

Estamos vivos!!

Há quanto tempo não vinha parar a estas bandas, sou uma completa desnaturada.
Todas as semanas dizia cá para mim:
Ai Ai tens que actualizar o blog!
Mete-se trabalho, vida de casa, TOOOOMÁS. . . e acabo por me esquecer!

Mas bem, tanta coisa aconteceu. . . coisas boas, coisas muito boas e coisas. . . muito pouco boas!
O Tomás esta enorme, menino inteligente, um feitio muito tramado, muitas birras, maroto, ar de safado, 50% rebelde 50% amoroso, muitas birras. . .muitas birras. . . já disse muitas birras?!


No colégio, um autentico santo traquina, em Setembro passou para a sala 4 (sala 4, já??) e começou a natação (parece um pato). 
Tem dois amores, que é engraçado porque as meninas tem o mesmo nome, giras que só elas (tem muito bom gosto!).
É uma criança ligada a corrente eléctrica, só de olhar para ele fico cansada, mal chega a 6f já estou em stress pois vem dois dias de fim de semana, logo são 2 dias inteiros sem colégio. A única coisa que o acalma é literalmente o colégio e os amigos.
Chego a ter que fazer corridas em casa com ele ás 22 horas da noite, para o cansar, caso contrario o rapaz não dorme.
Já mal dorme a sesta durante a tarde, pode estar a cair de sono, mas luta, luta e não descansa.
Anda na fase das birras (pediatra diz que vai durar ate aos 4 anos, AIiii) as vezes só me apetece atira-lo janela fora EHEHEH tenho que virar costas, não responder, respirar muitooo fundo e seguir em frente. 
Andas com umas saídas tão doidas, ele absorve todas as conversas dos adultos, todas as palavras que são novas para ele. . . e quando menos se espera sai-se com uma pérola daquelas enormes que ficamos a olhar para ele sem saber se devemos rir, chorar ou ralhar!
Com a Mãe e com o Pai é sempre do contra, faz birras horríveis, anda péssimo para comer. . . se for com outras pessoas o Tomas é o melhor menino a fase da terra e arredores! Cá nervos!
Anda numa de auto-afirmação. . . e eu só lhe digo, falta muito para fazeres 18 anos!
Tenho ideia que os rapazes são mais complicados que as meninas, mas as mães das meninas do colégio onde anda o Tomás, também se queixam. . . vai a ver é do ano de colheita!


Está muito crescido (só tem altura) e já calça o numero 25/26. . .pézudo!
De saúde esta óptimo e recomenda-se!
Na próxima semana tem consulta de oftalmologia (recomendação dos 3 anos) e a consulta de pediatra dos 3 anos.
Fez o desfralde neste verão, a noite ainda precisa da cueca fralda (ele faz tanto xixi!), não foi difícil nem fácil o desfralde. . . ele é que foi teimoso e gosta de contrariar. 
Havia alturas em que acabava de perguntar se queria ir a sanita (nao gosta do penico nem redutor de sanita, e agora anda numa de fazer o xixi em pé, muito macho!), passados 2 minutos fazia nas cuecas! Tirava-me do serio! Respira fundo! 

Viemos há 2 semanas atrás das nossas ferias no México (Playacar) e foi um sonho, juntamente com uma canseira. Vim de lá mais cansada do que fui! Não é fácil acompanhar esta mini criatura 24h por dia. Passava os dias na praia com as suas bóias, comer salsichas, beber sumo de laranja. . . e a noite só querias festa da boa!
Mais tarde vou tentar fazer um post destas ferias, hotel, passeios, voo, comida. . . 

O Tomás esta prestes a fazer o seu 3º aniversario, jaaaaa??
Sabe que vai ter festa, mas tudo será uma surpresa!
Já ando num correria a preparar as 2 festas dele, sim 2. . . uma festa no colégio e outra festa em casa com os familiares.


Ultimamente ando a pensar muito num 2º filho. 
Fico triste de ver o Tomás brincar sozinho e saber que ele quer companhia de crianças em casa e não ter, ele adora bebes porque sabe que não é da Mãe nem do Pai. . . mas quando estamos perto de outras crianças ou pegamos ao colo outras crianças, noto que o Tomás fica com ciumes. 
Se tivesse uma irmã (sim quero uma menina) como seria a reacção e comportamento dele??

A ver se começo a escrever com mais regularidade! 

dezembro 28, 2016

Férias de Inverno 2016

Tentamos ao máximo tirar férias para fora do pais pelo menos uma vez ao ano, não gostamos de tirar férias durante os meses de verão por causa das confusões de hotéis e praias estarem sempre carreados de pessoas e por causa dos preços que são sempre exageradamente altos nestes meses.
Tínhamos na mente tirar 2 semanas de férias em Outubro, mas o trabalho e os negócios foram muitos e só conseguimos tempo livre no fim de Novembro.

O mês esta decidido, e vamos para onde? Para o calor óbvio, mas para onde?
Toca de ver preços e falar com as agências que tratam das nossas viagens sempre que precisamos, preços comparados e temos 2 destinos em mãos: México ou Republica Dominicana. . . 
Ambos os destinos são óptimos mas. . . são varias horas de voo. . . o Tomás, como será que se comporta fechado num avião tantas horas seguidas?!
Se quisermos ir para o México, tínhamos que fazer escala em Madrid, seriam umas 10 ou 11 horas de viagem. Republica Dominicana o voo é directo de Lisboa, são em media umas 7horas de voo.
 
Escolhemos ir para a Republica Dominicana, para um Hotel que já conhecemos e sabemos que vai ser bom para nós e para o Tomás a nível de alimentação, pois tem muita variedade de comida, sumos naturais, a praia é boa, tem varias piscinas para crianças, muitas com escorregas e animação própria para crianças, é um Hotel amigo de crianças e famílias e. . . tem sempre um bom custo/qualidade!
O Hotel escolhido é o Bahia Príncipe Turquesa.
Já conhecemos o Bahia Príncipe Bávaro e o serviço é igual em todos os Hotéis dentro do complexo, só muda a distancia de cada Hotel a praia, do qual para nós não havia qualquer problema ficar mais distante da praia pois de minutos em minutos existem "comboios" a passar nas avenidas do complexo que nos levam a praia.

Toca de preparar as malas. . . primeira vez que saímos do pais com o Tomás, ainda por cima para um destino que estamos bem cientes que se acontecer alguma coisa de grave a nível de saúde, não existe no local os cuidados médicos que estamos habituados a ter. 
A mala do Tomás ia cheia, não de roupa, mas de pacotes de leite e toda a medicação que achei que seria essencial, resumindo. . . levei tudo e mais alguma coisa, ate um conjunto cirúrgico e soro levei.
Mãe prevenida vale por muitas e muitas!!!!
 
O voo de Lisboa a Republica Dominicana foram 6:40 Horas e correu lindamente.
O Tomás portou-se que nem um anjo lindo!
Nota-se nele que estava a delirar com todos aqueles aviões grandes, sítios novos, o barulho dos aviões. . . ele adora aviões. 
ficamos com uma fila de 5 lugares só para nós, o que foi optimo para o Tomás fazer as sestas na descontracção.
 
 
Na descolagem e aterragem tentei que o Tomás bebesse leite por causa da pressão nos ouvidos e estivesse entretido a ver os vídeos do Panda que coloquei no tablet, correu tudo bem!
A meio da viagem o Tomás ainda deu umas corridas pelos corredores do avião e começou logo a fazer amizades com outras crianças.
 
 
Chegamos a Bávaro já quase de noite, mas foi óptimo sair do avião e levar com aquele bafo de calor característico de lá. . . as saudades que eu já tinha!
 
O Check in foi feito no autocarro a caminho do Hotel, chegamos ao Hotel e fomos logo levados ao quarto e prontos para começar as nossas férias!
 

O Bahia Príncipe Turquesa é o Hotel mais distante da praia, mas o mais direccionado a crianças.
Por ser o mais distante é também o mais sossegado, não há confusão nas piscinas tanto de adultos como a piscina de crianças que tem os escorregas.
Nos restaurantes havia sempre opções próprias para crianças, o que ajuda sempre.
O quarto era limpo todos dias e reabasteciam sempre o frigorífico com sumos, águas, cervejas e chocolates. O quarto esteve sempre decorado com balões que o Tomás gostou muito!
Notou-se sempre que tiveram um cuidado especial connosco e principalmente com o Tomás.
 

Não fizemos passeios fora do Hotel, primeiro porque já conhecemos os passeios todos e fomos mesmo com o objectivo de descansar o máximo possível.
 

A temperatura esteve sempre óptima, não estava aquele calor tórrido que quase não se consegue respirar como costuma estar nos meses de verão, estava-se muito bem, choveu algumas vezes mas nada que estragasse as férias.
 
 
O Tomás anda na fase das birras, mas durante estes dias, esteve zen zen. . . não queria comer, não comia. . . não queria dormir, não dormia. . . logo que ele quisesse comer ou dormir, ele próprio dizia o que queria e foi assim que tivemos umas férias descansadas.
As sestas da tarde eram feitas numa espreguiçadeira a beira da piscina a sombra de uma palmeira, era "besuntado" com protector de máxima protecção varias vezes ao dia.
 
 
Bebeu mas bebeu muitoooooos sumos naturais, o que mais gostou foi o de coco, adorou os granizados todos, adorava estar na praia a comer salsicha e bolinhas de cereais, corria em direcção as ondas do mar sem medo, fez castelos na areia e maravilhosos passeios ao por do sol.
Metia-se com os funcionários do Hotel (Oláaaaaa!) e com os hospedes por onde passava.
 
 
Os amiguinhos que fez no avião alguns deles ficaram no mesmo Hotel que nós o que foi uma alegria para todos, crianças e adultos!
 

A viagem de regresso a Lisboa, oram 6:10 Horas e foi a pior viagem que fizemos da nossa vida, passamos umas boas 4 ou 5 Horas com uma turbulência excessiva que em muitas alturas os passageiros se agarraram ao banco da frente e com gritos que não iríamos chegar a Lisboa.  


Resumo das férias: 
O nosso maior receio era o Tomás, e correu sempre tudo bem, portou-se optimamente bem e estamos desejosos para voltar a viajar com ele. . . todos dias pergunta pelo Avião!
O Hotel correu tudo bem, sempre uma boa qualidade da qual já estamos habituados, e recomendamos sempre este destino como o Hotel a todas as famílias.
 
 
A próxima viagem já esta a ser estudada!

outubro 31, 2016

Nos ultimos meses. . .

. . . o Tomás tem mostrado cada vez mais a sua personalidade, e que personalidade!!!

Alimentação: um tema que tem deixado o Papa e a Mama com os cabelos em pé.
Seja na Escola, em casa dos amigos ou familiares é um guloso e come tudo o que lhe colocam a frente e normalmente repete duas a três vezes. Quando esta sozinho com os Pais é um desespero para a criança comer o que quer que seja. Comia tão bem que ate dava gosto só de ver, agora tudo o que lhe damos come umas colheres e TUMBAA lá vai o prato e comida para o chão. O que vale é que as Educadoras dizem que o Tomás na escola é um aspirador. . . come o dele e o dos colegas! ÁMEN





 Passeios: Sempre que o tempo e disponibilidade nos permite, vamos passear!
Todas as saídas que tenham bichos o Tomás delira, não tem medo de nada e é muito aventureiro, as vezes ate demais!! A ida ao Oceanário de Lisboa correu bem, apesar de achar que o Tomás parecia aborrecido, chegou a meio da visita já com a birra.

 

 


A 1º visita ao Zoo de Lisboa, em família, foi um dia muito bem passado, tempo maravilhoso, a companhia dos Tios e da Prima foi simplesmente maravilhoso.
Correu muito, viu os bichos todos, alguns conseguiu identificar, deu de comer as cabrinhas, correu atrás dos pavões e dos patos, brincou muito e no fim ainda deu umas voltinhas no carrossel lindo que lá esta!
Experiência a repetir com toda a certeza!




As traquinices tem sido muitas, temos vindo a reparar que o Tomás "absorve" toda a informação nova que recebe, vê, toca. . . aprende com uma rapidez que nos deixa sem resposta.
No inicio deste mês foi a reunião de Pais de apresentação de ano lectivo na escola, do qual nos colocaram a par de toda a informação pedagógica deste ano, as actividades, visitas de estudo, trabalhos em aula. . . e avisaram os Pais que esta turma eram meninos que pediam para aprender, pegam nos livros e contam as historias (a maneira deles claro), que tem necessidade de apreenderem, ser estimulados a mais e mais. . . avisaram os Pais que aos poucos os meninos estavam a aprender os números, identificar animais e objectos. . . verdade seja dita, nas nossas viagens de casa escola e escola casa eu começo a contar de 1 a 10 e ele vai repetindo o que ouve, chego ao nove e ele próprio sabe que a seguir vem o: DEZ! 
Aprende tudo muito rápido, mas. . . ainda não sabe dizer o mais básico: o nome dele!




As birras tem sido demais, tiram a paciência a qualquer um, então em espaços públicos, parece que faz as coisas para nos testar os limites. Chega a casa e atira-se para o chão. . . esta fase dos 2 anos não é fácil, espero mesmo que seja apenas uma fase!  

agosto 08, 2016

Viva o Verão

O que é que o Tomás mais gosta?!
ÁGUA!!
O Verão tem sido uma loucura boa
dias sem horários para nada, gelados, tardes sem sestas, o mínimo de roupa vestida, passeios a noite, batatas fritas!
Todo tempo que temos disponível e livre é para estar com o Tomás e na água!
Este ano a criança não quer bóias e afins, ele chega a beira das piscina e PUMBA, salto para dentro de água, sem medos!
Se há crianças que não gostam de água, este gosta demais!!
Uma coisa boa que acaba por ser um perigo ambulante.

Que venham mais dias quentes e disponíveis para a água!